/Ao lado de amigos, youtuber Balian cria série de comédia em servidor do GTA RP

Ao lado de amigos, youtuber Balian cria série de comédia em servidor do GTA RP

Sucesso de audiência nas plataformas de streaming, o GTA RP, modo não oficial do game, disponível apenas para o PC, dá aos players a possibilidade de viverem uma vida virtual

Foto: Divulgação

Sucesso de audiência nas plataformas de streaming, o GTA RP, modo não oficial do game, disponível apenas para o PC, dá aos players a possibilidade de viverem uma vida virtual tendo muitas das necessidades do mundo real, como beber, comer, trabalhar para se sustentar, se relacionar com outras pessoas (personagens) e, o principal, não morrer.

Mal comparando, é como se fosse uma série de TV onde os jogadores escrevem seus próprios roteiros e os interpretam. Inspirado nessa analogia, o youtuber brasileiro Balian, que possui mais de 2 milhões de inscritos em seu canal, se uniu aos amigos e, juntos, criaram uma série parodiando o seriado na Netflix “Peaky Blinders”.

“Assim como em todas as minhas lives, busco sempre um conteúdo bem humorado, e no streaming não é diferente. Enquanto muitos streamers se estressam jogando devido ao alto nível de competitividade, meus amigos e eu optamos por algo light, visando o público que chegou do trabalho ou da faculdade cansado e precisa e relaxar”, conta Balian.

Advertisement

Para dar contornos cinematográficos ao cenário, Balian e os amigos utilizam roupas e carros do início do século XX, época em que se passa a série da família de gangsters. Porém, diferentemente da produção da Netflix, o enredo do seriado virtual é improvisado, garante o influenciador, que também transmite seus jogos pela plataforma BOOYAH!.

“É mais uma série de comédia do que um jogo. A gente cria situações engraçadas, puxa para o lado da comédia, mas tudo na base do improviso. A gente até combina algumas coisas, mas as piadas, as tiradas, vão de cada um. A experiência está sendo incrível e a gente sente esse retorno do público através das mensagens no chat e nas redes sociais.”

Advertisement