/CS:GO: Recém-aposentada, Gabs Freindorfer vibra com vitória da FÚRIA no Major Stockholm, mas descarta retorno às competições

CS:GO: Recém-aposentada, Gabs Freindorfer vibra com vitória da FÚRIA no Major Stockholm, mas descarta retorno às competições

Recém-aposentada das competições de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO), Gabs Freindorfer vibrou com a classificação do time masculino da FÚRIA Esports para os playoffs do PGL Major Stockholm 2021, que aconteceu na última segunda-feira, dia 1, na Suécia, com a vitória de 2 a 1 sobre a Entropiq. A fase final da competição, também chamada de New Champion Stage, começa nesta quinta e vai até domingo, quando será definido o campeão.

“É extremamente absurdo acompanhar de perto o nervosismo e como lidar com isso de fora. Eu já fui player e sei o quanto todo mundo gostaria de acompanhar de perto essa experiência. Não é um simples campeonato, é a Major. Eu grito a cada kill no round, a cada erro e, principalmente, a cada acerto. Eu sempre estive do outro lado da moeda, a que jogava, e estando do outro lado, que é a que torce, é euforia. É Fúria né?”, tenta explicar a jogadora.

Em relação à decisão de largar as competições, anunciada oficialmente em setembro deste ano, Gabs Freindorfer ratificou o desejo de se dedicar a outros projetos.

“Eu me aposentei do competitivo por achar que teria mais tempo de focar nas streams, mas confesso que minha agenda está ainda mais corrida, graças a Deus! Desde que me aposentei, participei de ações com marcas incríveis, foram diversas experiências que, se eu estivesse competindo, provavelmente não teria disponibilidade. E vai vim mais coisas por ai.”, avisa Agora estou tendo a oportunidade de acompanhar o Major. E, se Deus quiser, com a nossa FÚRIA ganhando”, torce a brasileira.

Advertisement
Gabs Freindorfer exaltou classificação do time masculino da FÚRIA Esports aos playoffs do PGL Major Stockholm 2021 (Foto: Divulgação)

Questionada se a emoção pelo recente resultado da FÚRIA poderia impactar numa possível mudança de decisão sobre a aposentadoria, Gabs rechaçou.

“Bate muita vontade de jogar competitivamente de novo, ainda mais estando na Suécia, por causa do Major… eu vejo os meninos jogando e só quero sentar no computador e jogar de novo! Mas não pretendo voltar a jogar competitivamente, descartei isso e permaneço com essa ideia. Agora quero conquistar um novo espaço no e-sports”, afirma.

Advertisement